top

create your own banner at mybannermaker.com!

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

ÓDIO À CRUZ DE CRISTO E À SUA IGREJA

 

"Assim se aprende no chamado catecismo: O sinal da cruz “Católico” ROMANO se faz assim: estendendo unidos os três dedos da mão direita (polegar, indicador e médio – simbolizando a Santíssima Trindade), e apoiando os outros dois sobre a palma da mão (anular e mínimo – simbolizando as duas naturezas – humana e Divina de Cristo em uma só pessoa), levamos a mão assim formada, da fonte (1) para o peito (2), e depois do ombro direito (3), para o esquerdo (4)”.
E CONTINUAM...
"AGORA CONHEÇA TODA A VERDADE: Você acaba de fazer uma CRUZ de cabeça para baixo, um sinal que pouca gente sabe que é um sinal usado por satanista, a CRUZ INVERTIDA.
Observe os cabelos do falso Cristo caindo pra baixo na cruz investida, e o 666 número da besta. Um dia perguntei um católico porque ela fazia este sinal, ele respondeu:_Porque todo mundo faz, assim, ora! Ao conhecer a Verdade, a gente vê como esta falsa tradição é perigosa. Os líderes religiosos usam para manipular a fé destes pobres indefesos, que agem sem pensar. Aí, sentimos a responsabilidade de alertar as pessoas, na esperança de salvar algumas com Jesus. Como é diabólica e desumana manter o povo assim, tão cego e escravizado pelo engano.
 
Deus disse: “O meu povo perece por falta de conhecimento” (Oséias 4:6). E o “chefe” da Igreja ROMANA nada faz para mudar esta triste situação?
A Cruz Invertida – a cruz usada por satanistas, simboliza o fim do Cristianismo e também tentam ridicularizar a Jesus, exaltando o diabo, o antiCristo, e o falso profeta que é a besta 666. (Trindade satânica).
RESPOSTA: - Este cara entende mesmo de satanismo! Eu nem sabia que se usam tais símbolos para homenagear a Satanás, seu chefe! Mas o autor do artigo está demonstrando que sabe! Com toda certeza, faz parte de suas práticas maléficas, sendo a principal delas destruir a Igreja de Cristo. Coitado! Pensa que seu chefão pode mais que Cristo! Apenas uma curiosidade: donde foi que ele tirou a foto do crucifixo exibido acima? Ah, certamente foi la no templo de adoração ao príncipe das trevas. Só pode!
 
Mas, como é mesmo que se faz o sinal da Cruz?
Acima está escrito: "... levamos a mão assim formada, da fonte (1) para o peito (2), e depois do ombro direito (3), para o esquerdo (4)...”.
Este sinal da Cruz é da Igreja Oriental. No ocidente, rito latino, se faz da seguinte forma:
Conforme o antigo 2.º Catecismo da Doutrina Cristã é assim: "Benzer-se é fazer uma cruz, com a mão direita aberta, da testa (1) ao peito (2) e do ombro esquerdo (3) ao direito (4), dizendo: Em nome do Pai, e do Filho, + e do Espírito Santo. Amém".
Eta!!!! O homem sequer sabe como se faz o sinal da Cruz e já quer pôr gosto ruim no que é bom. Com efeito, o sinal da Cruz, além representar a unidade e Trindade de Deus, nos lembra a encarnação, Paixão e Morte de Jesus. É um ato de piedade utilíssimo, pois, segundo o Catecismo, tem a virtude de avivar nossa fé, de repelir as tentações, alcançar-nos de Deus muitas graças.
Deve-se fazer, segundo o catecismo que citei, o sinal da Cruz frequentemente principalmente pela manhã, ao despertar; à noite ao deitar; antes e depois das refeições; no princípio e no fim de qualquer trabalho; antes de começar a oração; nas tentações e nos perigos. 
PROSSEGUE O FREQUENTADOR DE ANTROS SATÂNICOS:
Pense comigo:_Porque fazer o sinal da cruz? Jesus já não desceu dela,… venceu a morte e ressuscitou? Qual o sentido de se apegar a cruz e não a Jesus Vivo? O cristão consciente precisa escolher entre a Idolatria da cruz ou a verdadeira adoração de Jesus! Cruz não tem nada a ver com Pai, Filho e Espírito Santo, gente! É fácil notar que tem algo muito errado nesta falsa tradição inventada pelos homens!
Assista estes 3 vídeos que mostram alguns símbolos que o verdadeiro cristão deve evitar: (Após ver o primeiro vídeo, espere para ver os outros, ok?)
http://www.youtube.com/watch?v=4z0f5wotyOc&feature=PlayList&p=C32772D5095680F2&playnext_from=PL&playnext=1&index=12

RESPOSTA: - E como o loroteiro chegou à conclusão de que quem ama a cruz de Cristo se distancia de Cristo ressuscitado, se é justamente pensando em suas tribulações que mais e mais o amamos?

Mas que, mané, idolatria da cruz é essa?

Os rebelados sempre se esquecem de que podemos venerar os símbolos sagrados sem que os tomemos como divindades. E por que a Cruz, que, para nós, é a Árvore da Vida, nada tem a ver com a Santíssima Trindade? Outra, por que falsa tradição? Só se Cristo não morreu numa cruz!

Em quanto besteirol se envolvem os filhos da rebelião, só porque transferiram a autoridade que Cristo dera à sua Igreja para o Livro que, por sinal, foi escrito pela Igreja sem que Cristo tivesse ordenado!

Agora a Bíblia - que não é de pessoal interpretação! (II Pe 2Pd 1,20 combinado com 3,15-16 ) - tornou-se refém de cada herege que a interpreta, cada qual, segundo seu talante. Sim, erram por rebelião seguindo o exemplo do primeiro rebelado, que foi Lúcifer, expulso dos céus juntamente com seus seguidores, a terça parte de todos os anjos dos céus (Ap 12,4).

Porque sendo os seus imitadores de Lúcifer, odeiam a Cruz de Jesus e sua Igreja.
Sabe por que? Porque o SINAL DA CRUZ é efetivamente eficaz contra demônio. Seus sequazes aqui na terra, se borram todos juntamente com o seu general que treme à frente deste sinal vitorioso! Por mais que tentam, nunca conseguem destruir a Igreja de Cristo, pois ela está solidamente alicerçada na promessa divina que garante: "As portas do inferno nunca prevalecerão contra ela" (Mt 16,19)
Pois bem, vi um pedaço do vídeo e logo de início me deparei com as mais descabidas mentiras (isto é próprio de Satanás, pai da mentira, e de seus seguidores). Veja isto: "... aquilo que é agora conhecido como a Cruz Cristã, não foi originalmente um símbolo cristão senão um símbolo místico Tau - a inicial de Tammuz, a qual foi usada em grande variedade de formas como um símbolo sagrado, como um amuleto sobre o coração; era marcada nas vestes oficiais de Roma de hoje" ("AS DUAS BABILÔNIAS", Alexander Hislop, pg. 197).
São mesmo os filhos da mentira! "AS DUAS BABILÔNIAS"!!!! Vou reescrever o que disse um participante de minha comunidade MENTIRAS EM SITES RELIGIOSOS, hoje sob responsabilidade do competente jurista, Dr. Carlos A. Perin:
Fernando Nascimento: "Apenas trago aqui, o que o fantástico Sena, postou na outra comunidade desmascarando os embusteiros.
Dizia o Sena:
"... o Ralph E. Woodrow tendo como base o livro Alexander Hislop de 1853, realmente reescreveu "The Two Babylons", só que ele mudou de idéia, viu que o que Alexander Hislop escreveu é ficção e sensacionalismo".
Ele escreveu outro livro com o nome conexão de babylon, parece que está mostrando os erros de Alexander Hislop... é, Beto, parece que sua lenda não é tão antiga assim e acho que já era.
 
Vou anexar o link onde Ralph E. Woodrow mostra estar reparando erros cometidos no livro anterior... como está traduzido, então você deve copiar todo o link incluindo o começo em letra escura e colar na barra de endereço.
Quando abrir o site para você ver o site do Ralph E. Woodrow onde ele mesmo faz as afirmações você deve clicar na palavra "aqui"
 
http://translate.google.com/translate?hl=pt-BR&sl=en&u=http://www.ukapologetics.net/1hislopbaby.html&sa=X&oi=translate&resnum=10&ct=result&prev=/search%3Fq%3DRalph%2BWoodrow%2Btwo%2BBabylons%2Bde%2BAlexander%2BHislop%2Band%2Bits%2B%26hl%3Dpt-BR%26sa%3DG"
E quanto ao "Tau" que o mentiroso diz ser de Tammuz?

Pois não é!

Está na Bíblia e, pelo que li, somente os que portam este sinal serão salvos:
"Matai velhos, rapazes e moças, mulheres e crianças, matai-os todos, até o extermínio. Mas não vos aproximeis de ninguém que foi marcado com o tau. Começai pelo meu santuário”. E eles começaram pelos anciãos que estavam diante do templo". (Ezequiel 9,6)

Como seria bom se os "crentes" nas mentiras, pelo menos fossem também "crentes" na Bíblia!
A VERDADEIRA ORIGEM DA CRUZ. Está claro como o dia, que a Cruz não foi inventada por Jesus, nem pelo povo de Deus. Todos sabem que antes mesmo de Jesus nascer, já matava criminosos nas cruzes. Por isso a Bíblia chama a cruz de MALDITA: “Cristo nos resgatou da MALDIÇÃO da Lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: MALDITO TODO AQUELE QUE FOR PENDURADO NO MADEIRO”. (Gálatas 3:13).
 
Desde os tempos antigos já haviam condenados que morriam no madeiro, ou “T” de Tamus, a cruz primitiva que deu origem a cruz ...
 
(Bla, bla, blá... Tudo desmentido acima! Hahahaha! Há quem lê uma coisa e entende outra! Ele diz que a Bíblia chama a cruz de "maldita", porém, o que se lê é "maldição da lei" e também - incrível isso! -, chama de maldita, não a cruz, mas a pessoa que nela foi pregada! )
Pra quê tantas cruzes nas vestes, no pescoço, nas mãos e no trono Papal, companheiros!?
 
O “T” da inicial do nome Tamus, foi o símbolo mais antigo, que deu origem a cruz conhecida nos dias de hoje. Os povos primitivos também adoravam o fogo como deus, e o símbolo do fogo era duas varinhas cruzadas em forma de “X”, que sendo friccionadas uma na outra, tinha o poder de fazer surgir o seu deus: fogo. Entre os Celtas a cruz tornou-se cultuada muito antes de Cristo, e na Índia era o sinal do Fogo Sagrado, respeitado como Divindade, Potência Superior e Origem da Vida.
Hoje, vemos principalmente as pobres crianças fazendo a CRUZ INVERTIDA, sem saber do seu real significado.
RESPOSTA: - Como, atrás, o articulista atacou as tradições eclesiais e já que rebelado não tem qualquer tipo de tradição [recomendada por São Paulo: "Eu vos louvo por vos recordardes de mim em todas as ocasiões e por conservardes as tradições tais como vô-las transmiti" (1Cor 11,2); "Nós vos ordenamos, irmãos, em nome do Senhor Jesus Cristo, que vos afasteis de todo irmãos que leve vida desordenada e contrária à tradição que de nós receberam" (2Ts 3,6)]. Como nós costumamos guardar nossas tradições, passo a narrar o seguinte fato relativamente ao Sinal da Cruz:
"Outrora, em Besra na Idumeia, ocupava o trono Episcopal São Julião. Este santo tinha uma alma cheia de zelo e piedade, não media esforços para trazer ao redil de Nosso Senhor Jesus Cristo as ovelhas tresmalhadas daquele rebanho.
 
Entretanto, alguns influentes habitantes desta cidade, descontentes com o progresso da fé, tomaram a resolução de envenenar este santo homem de Deus. Para isto, subornaram o próprio criado do Bispo. O infeliz aceitou e recebeu deles a bebida envenenada. Divinamente de tudo avisado, o Santo diz ao criado:
“- Vai, e da minha parte, convida para o meu jantar de hoje os principais habitantes da cidade”.
São Julião bem sabia que entre eles estariam os culpados. Todos ao convite acedem. Num dado momento, o santo Bispo sem acusar ninguém, lhes diz com doçura evangélica:
 
“- Visto quererem envenenar o humilde Julião, eis que diante de vós passo a beber o veneno.”
Fez então três vezes o Sinal da Cruz sobre a taça, dizendo:
“- Eu te bebo em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo.”
Em seguida, bebeu o veneno até a última gota e, ó milagre Divino, São Julião não sentiu o menor mal. Seus inimigos, diante de tal prodígio, caíram de joelhos a seus pés e lhe pediram perdão.
De onde vem a força deste simples gesto? Qual a sua origem? Em que momentos devemos fazê-lo?
 
Este Sinal Divino, sempre foi considerado como um mestre sábio e conciso, pois resume em si, de modo simples e didático, os dois principais mistérios de nossa fé que são a Unidade e Trindade de Deus e a Encarnação, Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Entretanto, nos dias de hoje, poucos são os que conhecem tudo o que contém, tudo o que ensina, tudo o que opera de sublime, de santo e de divino, e em conseqüência, de soberanamente proveitoso às almas, esta fórmula tão antiga como a Igreja".

Os primeiros cristãos faziam o Sinal da Cruz a cada instante. Assim afirma São Basílio:
“Para os que põem sua esperança em Jesus Cristo, fazer o Sinal da Cruz é a primeira e mais conhecida coisa que entre nós se pratica”.
Vejamos os escritos deixados pelos primeiros Cristãos:
HIPÓLITO DE ROMA (segunda metade do século II) - "Durante a tentação, fazei piedosamente na fronte, o sinal da cruz, pois este é o sinal da Paixão reconhecidamente provado contra o demônio, desde que feito com fé e não para vos exibir diante dos homens, servindo eficazmente como um escudo: o Adversário, vendo quão grande é a força que sai do coração do homem que serve o Verbo (pois mostra o sinal interior do Verbo projetado no exterior), fugirá imediatamente, repelido pelo Espírito que está no homem. Era isso que o profeta Moisés representava através do cordeiro morto na Páscoa e ensinava ao aspergir o sangue nos batentes das portas: simbolizava a fé que agora se encontra em nós, ou seja, a fé no Cordeiro perfeito. Ora, persignando-nos na fronte e nos olhos com a mão, afastamos tudo aquilo que tenta nos destruir." (Mártir - nasceu na segunda metade do século II - Parte III - Outros Temas e Práticas).
BÍBLIA: SINAL DA CRUZ: TAU - "Percorre a cidade, a saber, Jerusalém, e assinala com uma cruz [tau] a testa dos homens que estão gemendo e chorando por causa de todas as abominações que se fazem no meio dela" (Ez 9,4);
"Percorrei a cidade atrás dele [o que assinalava as testas com o "tau"] e feri. Não mostreis olhar de compaixão nem poupeis a ninguém. Velhos, moços, virgens, crianças, mulheres, matai-os, entregai-os ao exterminador. Mas não toqueis ninguém daqueles que trouxerem o sinal da cruz [tau]. Começai pelo meu santuário". (Ez 9,5-6);
CRISTO SUSPENSO NA CRUZ - A cruz já era prefigurada no Antigo Testamento:
"Como Moisés levantou a serpente no deserto, assim também será levantado o Filho do Homem" (Jo 3,14)
Uma cruz mesmo feita pelo joalheiro, não tem poder algum. Ao contrário, quando você encontra cruzes plantadas nas curvas de uma estrada, é sabido que ali houve um acidente fatal que ceifou vidas preciosas, portanto, é mal sinal.
Cruz é sinal de morte nas estradas
 
REFLEXÕES SOBRE A CRUZ - Nosso Senhor e Salvador Jesus o Cristo não está mais na cruz. Ele esteve lá apenas por um pequeno momento. O sacrifício já foi consumado e não exige mais sacrificar.
- Agora devemos visualizar Cristo em seu trono de Glória, pois, Ele vive para todo o sempre RESSURRETO dentre os mortos, a memória da sua morte e ressurreição. Não devemos nos ater a contemplação da cruz, desenhada ou esculpida, mesmo que seja em ouro ou prata. Nem reverenciar uma cruz, mesmo sem a imagem de Cristo pendurada, ou sobre uma fachada de uma igreja. E, muito menos acreditar que ela nos protegerá, idolatrando a cruz e não a Jesus Cristo vivo.
RESPOSTA: - Não tem poder algum? Como vimos, o "Tau" é bíblico, e só seremos preservados da morte se o temos assinalado em nossa testa.
Devemos amar e venerar a Cruz na qual Deus nos manifesta o extremo amor para conosco. É nela que podemos meditar o quanto ele nos amou. Olho-a com muito amor e esperança, pois assim como os feridos pelas serpentes encontravam, em olhando-a, a cura de seus males, assim também espero que o sangue de Cristo me cure a mim que estou ferido pelos pecados.

Nem todos os evangélicos detestam a Cruz de Cristo:
ASSEMBLEIA DE DEUS - Os rebelados não sabem se amam ou se amaldiçoam a cruz de Cristo. Nem se fale em idolatria, porquanto a Cruz é sinal de Deus e não Deus. Ademais a Cristo se adora e não se idolatra. Ele não é ídolo.
ALGUNS PENTECOSTAIS AMAM A CRUZ DE CRISTO
- Veja que Jesus não foi colocado na cruz sozinho, pois dois ladrões, criminosos condenados foram também mortos ao seu lado. 
- Cruz quer dizer sacrifício, e não é santa. Não existe Santa Cruz, mesmo se houvesse a Cruz original onde Cristo foi pregado. O Poder está em Deus e não no “T”, “X” ou a Cruz criada pelo paganismo.
- Jesus venceu a cruz por nós,… então seria loucura a gente adorar, idolatrar, reverenciar a cruz. Devemos honrar, adorar a Jesus, isso sim.
-”Não desprezar a cruz…” é não desprezar o sacrifício expiatório que Cristo fez por você e por mim. Só Ele pagou nossas dívidas morrendo em nosso lugar.
- Este costume de andar com uma corrente e uma cruz não protege ninguém. É preciso ter Jesus no coração e obedecer a Palavra de Deus:“Portanto, meu amados, Fugi da idolatria”. (I Corintios 10:14). Fugi de adoração a imagem da cruz, ou de qualquer outro tipo de Imagem!
RESPOSTA: - Corrigindo: a cruz não é o sacrifício, mas sim o altar, regado pelo sangue do Cordeiro de Deus, este sim, o verdadeiro sacrifício oferecido em nosso resgate. Curiosamente Cristo afirma que é o altar que santifica a oferta (Mt 23, 19), não obstante, no presente caso, se deu o contrário: foi a oferta (Cristo) que santificou o altar (a Cruz).

Portanto este altar não é coisíssima alguma "maldição", mas sim o poder de Deus (I Cor 1,18). É nela que o santo apóstolo Paulo se gloria (Gl 6,14) enquanto os pagãos, aqueles que desobedecem à Igreja (Mt 10,16), portam-se como seus inimigos: "Porque há muitos por aí, de quem repetidas vezes vos tenho falado e agora o digo chorando, que se portam como inimigos da cruz de Cristo" (Filipenses 3,18)
 
Raciocine um pouco comigo: então se Jesus tivesse morrido numa guilhotina, você andaria hoje com um guilhotina no pescoço ou com Jesus no coração? Viu, como é fácil entender a má influência da falsa tradição? Pois os apóstolos e primeiros cristãos jamais fizeram isso.
 
- A cruz não é nossa vitória…, pois nossa Vitória está descrita lá em I João 5:4 e 5; “(…e esta é a VITÓRIA QUE VENCE O MUNDO a nossa FÉ. Quem é que vence o mundo, senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus?)
RESPOSTA: - Cristo santificou a cruz; nem teria como santificar a guilhotina que foi inventada somente no século XVIII.
1. "... falsa tradição..." - "Eu vos louvo por vos recordardes de mim em todas as ocasiões e por conservardes as tradições tais como vô-las transmiti" (1Cor 11,2); "Nós vos ordenamos, irmãos, em nome do Senhor Jesus Cristo, que vos afasteis de todo irmãos que leve vida desordenada e contrária à tradição que de nós receberam"(2Ts 3,6)];
 
2. "... os apóstolos e primeiros cristãos jamais fizeram isso..." - Como é que sabe? Somente a Igreja Católica mantém a tradição, enquanto que os rebelados mais antigos surgiram a partir do século XVI. Sua quase totalidade sequer completou 100 anos!
3. "A cruz não é nossa vitória…" - Não? E por que o apóstolo dos gentios se gloriava na Cruz de Cristo (Gl l6,14) e a chamava de "o poder de Deus" (I Cor 1,18)?
- Oração ao pé da cruz, não! Tem que ser aos pés de Jesus, ele sim tem Poder e pode nos ouvir.
- Por isso o Povo de Deus nunca se apegou a cruz. Se não fosse assim, os primeiros discípulos teria se juntado e comprado a cruz em que mataram Jesus, e teriam levado um pedacinho consigo para se proteger. Mas, não fizeram tal coisa, pois, confiavam mais no Salvador Jesus, que na cruz que os seus inimigos ROMANOS usavam pra matar criminosos. E os ROMANOS assassinaram milhares de cristãos em cruzes por todo o Império… a cruz para os verdadeiros cristãos era símbolo de Maldição, perseguição e morte. E, para Deus também, leia nas Escrituras.
 
RESPOSTA: - A cruz, por si mesma, não tem qualquer poder. É Deus que age mediante a cruz, assim como curava os feridos pelas serpentes no deserto para quem olhasse para ela:
 
"Moisés fez, pois, uma serpente de bronze, e fixou-a sobre um poste. Se alguém era mordido por uma serpente e olhava para a serpente de bronze, conservava a vida". (Nm 21,9).
 
Os antigos, contrariamente do que diz o articulista, amavam o sinal da Cruz segundo encontramos em um de seus escritos:
"Durante a tentação, fazei piedosamente na fronte, o sinal da cruz, pois este é o sinal da Paixão reconhecidamente provado contra o demônio, desde que feito com fé e não para vos exibir diante dos homens, servindo eficazmente como um escudo: o Adversário, vendo quão grande é a força que sai do coração do homem que serve o Verbo (pois mostra o sinal interior do Verbo projetado no exterior), fugirá imediatamente, repelido pelo Espírito que está no homem. Era isso que o profeta Moisés representava através do cordeiro morto na Páscoa e ensinava ao aspergir o sangue nos batentes das portas: simbolizava a fé que agora se encontra em nós, ou seja, a fé no Cordeiro perfeito. Ora, persignando-nos na fronte e nos olhos com a mão, afastamos tudo aquilo que tenta nos destruir". (Hipólito de Roma - Mártir - nasceu na segunda metade do século II - Parte III - Outros Temas e Práticas)
ALGUNS DEFENSORES DA CRUZ: - Citam Lucas 9:23, onde Jesus diz: “Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me.” Aqui, esta falando de RENÚNCIA e não de que devemos tomar uma cruz e atá-la ao pescoço com uma corrente e seguir Jesus. Muito menos, que deveriamos quebrar o mandamento da Lei de Deus e venerar uma Imagem da Cruz...
 
RESPOSTA: - Sua fala: "... deveríamos quebrar o mandamento da Lei de Deus e venerar uma Imagem da Cruz" - Não existe na Bíblia qualquer passagem que proíbe a veneração da cruz e das imagens sagradas. Quando ao Êxodo 20,4 é demonstrado rigorosamente que os tradutores das Bíblias protestantes a adulteraram para poder acusar os católicos de idolatria. Ver

"TRADUÇÕES MAL INTENCIONADAS LEVAM CRISTÃOS À PERDIÇÃO":

Responda: Porque o Papa usa a cruz invertida em seu trono?
 
O Papa alega que usa esta cruz invertida, porque Pedro morreu na cruz de cabeça para baixo. Mas isso não é verdade, pois Pedro era um homem simples, de pouco cultura, não era rico como os Papas e jamais viajou tão longe, da Galileia até Roma. Naquela época as viagens… não eram tão facilitadas (embora continuam caras) como é nos dias atuais. As viagens eram arriscadas, demoradas e exigia muitos recursos que Pedro não possuía. Como tem hoje muita gente, da classe média, que morre sem conhecer o mar, naquele tempo Pedro também não atravessou o mar pra chegar a Roma, por isso a Bíblia não confirma esta mentira da falsa tradição “Católica” ROMANA.
RESPOSTA: - É muito fácil responder esta questão que os protestantes consideram irretorquível por parte dos católicos.
Sendo o Papa legítimo sucessor de Pedro, o príncipe dos apóstolos, é natural que use os símbolos que o representam. O acusador acima postou a imagem da cruz de santo André em formato de um "X". Pois bem, esta cruz invertida, nem é de Cristo, nem, tão-pouco satânica. É a Cruz de Pedro que foi crucificado de cabeça para baixo, segundo está escrito:
"Pedro, ao ser martirizado em Roma, pediu e obteve fosse crucificado de cabeça para baixo" (Orígenes [+séc.III], Com. in Genes. 3).
"Pedro, finalmente tendo ido para Roma, lá foi crucificado de cabeça para baixo" (Orígenes, +253, conforme fragmento conservado na "História Eclesiástica" de Eusébio, III,1).
 
O bonito é que nos templos protestantes, a cruz invertida, que este mesmo protestante diz que é diabólica, se encontra retratada de diversas formas. Veja estas:

A cruz invertida é encontrada em diversos templos evangélicos não como sinal
satânico mas como símbolo referente ao martírio de Pedro Apóstolo
O Papa João Paulo idolatrava tanto a cruz que foi sepultado em cum caixão com uma cruz invertida desenhada nele. Preferiu também um caixão de forma estranha, destes que a gente costuma ver em filmes de vampiros ou cerimonial satânico. Porque isso, em companheiro?
RESPOSTA: - Imagem adulterada pelo inimigos de Cristo que mostra a urna mortuária do Papa João Paulo II de conformidade com o que gostariam que fosse. 
Diante desta distorção restou-me compará-la com as fotos reais colhidas durante seus funerais.

Veja e comparem o verdadeiro do falsificado:

A foto "a" foi visivel e muito mal falsificada. Se a cruz está na parte mais estreita (onde ficam os pés), então a cruz é de Cristo e não de Pedro.

Veja em "b" que ela está no lado mais largo, isto é, onde ficam os ombros e a cabeça, ela também está de pé e sem o "M misterioso" que os "Crentes" querem transformar em "W" - que afirmam ser símbolo satânico!!! Eta gente! Para quem é puro tudo é puro; para quem já é satanizado tudo é satânico!. Veja que aos pés está o brasão do Papa, este sim, com a cruz invertida (a cruz de Pedro) e o "M" de Maria Santíssima verdadeiramente em sua forma usual. E os satânicos acham que até a forma trapezoidal do caixão também a satânica. Quanta bobagem!
UM DISFARCE PARA ENGANAR? - Agora com o conhecimento divulgado pela Internet, o clero se vê apertado por sentir que o povo tem sabido de toda a Verdade, que tentam encobrir o mal feito. Agora, eles estão tentando popularizar outro sinal da cruz.
RESPOSTA: - Pelo contrário! Isto fica mesmo a cargo de nós leigos porque os padres não têm tempo para se divertirem pondo a ridículo as maxambetas protestantes.

O que faz suspeitar sobre o fato de os rebelados mostrarem tantas gravuras satânicas é que, talvez, alguns deles estão agindo sob as ordens diretas do próprio Satã, assim como fez Lutero quando suprimiu o sacrifício da Missa nos territórios dominados pelo protestantismo. Há alguma probabilidade de frequentarem sessões de adoração a Lúcifer. Hehehehe!!! A figurinha mostrada do "Baphomé" tem até o "M" invertido que na verdade é "W" (segundo eles). Que será que isto significa? Vai ver que existe algum capeta com nome começado com "W"!
Este NOVO sinal da cruz é fazendo três cruzes (XXX), ao invés de uma: a primeira sobre a testa, a segunda sobre os lábios e a terceira sobre o coração. Será que este disfarce é válido e resiste a um exame da razão? Neste próximo vídeo e observe que eles ensinam claramente que o poder de te livrar do mal VEM DOS MÉRITOS DA CRUZ e não do Senhor Jesus. Será que você acredita que cruz espanta vampiros, e o diabo? Daqui a pouco vai acreditar que alho espanta vampiros!? Não adiantaria em nada andar com alho, para se proteger. Assista o vídeo:
Vejamos: 1) – O desenho da cruz equivale ao X, e qual o valor numérico do “X”? Entenda que, somente as letras, F, O e X valem cada uma o número 6, portanto:
 
RESPOSTA: - O valor númérico de "X" sempre foi 10; o "F" e o "O" não possuem valor numérico.
F = 6; O = 6; X = 6; FOX = 666; E a cruz equivale ao X = 6; XXX = 666, que é a trindade satânica: o diabo, o antiCristo, e sua besta (a besta é também denominada de Falso Profeta), portanto, fazer um sinal da cruz “moderno” com as 3 cruzes ficou pior. É como se estivessem treinando pra receber a marca da besta? (+++ = 666)
RESPOSTA: - Mais uma novidade de católicos que somente hereges conhecem! Nunca vi nenhum católico persignar-se fazendo um "X" na testa, outro na boca e outro no peito.
 
Quanto malabarismo para atingir os católicos! Felizmente, para seu desconforto estas invenções protestantes não colam!

Eta!!!! Até mudaram o valor numérico do "X" que desde criancinha me ensinaram que era 10. Pior ainda: cismaram que qualquer produto ou empresa com o nome de FOX seja propriedade exclusiva do anticristo. Nossa, que coisa mais besta!
O Vaticano que comanda e controla os costumes e tradições do povo “Católico” ROMANO não deixa as pessoas obedecerem a Palavra de Deus, contida na própria Bíblia Católica contra o uso da Idolatria da cruz e de imagens que Deus tanto condenou, até nos Dez Mandamentos. O Segundo Mandamento:“Não farás para ti imagens de escultura, nem semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu sou o Senhor teu Deus,… que visito a maldade dos pais nos filhos até a quarta geração daqueles que me aborrecem. E faço misericórdia em milhares aos que amam e guardam os meus mandamentos”. (Êxodo 20:4 a 6). Se você fala deste texto a um padre ele te dá uma bronca. Mas, não devia, é o Mandamento de Deus que está na Bíblia Sagrada.
IGREJA - COLUNA E SUSTENTÁCULO DA VERDADE
RESPOSTA: - Como é tedioso ficar desmentindo tantos besteiróis repetidos milhares e milhares de vezes!
 
1. "... não deixa as pessoas obedecerem a Palavra de Deus" - Entenda que o desnorteado considera que "Palavra de Deus" é a interpretação que ele próprio lhe dá!"
 
O que está escrito na Bíblia efetivamente é "Palavra de Deus". Entretanto, as interpretações variadíssimas que se lhes dão, jamais poderão ser consideradas palavras divinas, pois Deus não se contradiz. Aqui é necessário observar a pulverização, em decorrência da livre interpretação da Bíblia pelas seitas protestantes, pentecostais e neo-pentecostais. O maior grupo religioso do Brasil, depois da Igreja católica, não é a Assembléia de Deus, que ocupa o terceiro lugar. O segundo lugar é ocupado pelo grupo daqueles que se decepcionaram com todas as igrejas pelas quais passaram e agora não têm nenhuma Igreja. Entre eles somente existe esta vinculação (pelo menos é o que acreditam que seja): indivíduo, bíblia e Deus! Cada indivíduo, pois, se constitui numa micro igreja evangélica!!!... Portanto são milhões e milhões de igrejas evangélicas que existem só no Brasil, do jeito que o Diabo gosta!

Somente a Igreja, "Coluna e Sustentáculo da Verdade" (I Tm 3,15), divinamente inspirada, tem o dom para discernir quais são os livros inspirados e reúne condições suficientes para dar a cada texto ali contido, o sentido que o seu principal autor, que é Deus, quis lhe dar. Não há como escapar disso!
 
2. "... uso da Idolatria da cruz e de imagens que Deus tanto condenou..." - Não condenou a não ser as imagens de ídolos. Ver
O Papa usa várias cruzes e faz o sinal do satanismo com a sua mão? (Leiam aqui em nosso Blog, sobre: “Sinal Satânico – a mão chifrada” -Link no final da página).

O que Deus nos ensina: “Ouví a palavra que o Senhor vos fala… Não aprendais o caminho das nações,… porque o costume (tradições pagãs) dos povos são vaidade; pois cortam do bosque um madeiro, obra das mãos de um artista, com machado, com prata e com ouro o enfeitam, com pregos e com martelos o firmam, para que não se mova. …são ídolos (imagens) obra torneada, mas não podem falar; necessitam de quem os leve, porquanto não podem andar. NÃO TEMAIS RECEIO DELES, POIS NÃO PODEM FAZER MAL, nem tão pouco teem poder de fazer bem”. (Jeremias 10:1 a 5).
RESPOSTA: - Gozado que não dizem em que circunstâncias, ocasião, ou locais, foram colhidas as diversas fotos com a imagem do papa com ambas as mãos com o indicador e o mínimo erguidos e anular e médio dobrados. A Imagem acima foi copiada do "Limpatrilhos" que é detalhe desta, á direta, em corpo inteiro. Por mim os dedos nada significam ou a foto original foi adulterada, coisa que não me é estranha.

Aí, o Vaticano aprova fazer imagem de gesso, e veja no que dá. Assista o vídeo e responda: _O que acontece quando a Virgem Maria ou qualquer outra imagem se quebra? O “santo” Papa manda por no lixo ou no sacrário?
Se as imagens não protege nem a si mesmas, como irá proteger você?(Leia Isaías 45:16 a 22 e 46: 1 a 13; Jeremias 10:1 a 5).
RESPOSTA: - O material com que são feitas as imagens pouco importa. Sejam de pedra, madeira, bronze, prata ou ouro pela fé católica, são sempre imagens seja de Deus, de anjos ou de santos. Poderes? Por si mesmas nenhum, porquanto não passam de objetos inanimados.
Quando, porém, Deus quer, até imagem de bronze cura feridas; ossos ressuscitam mortos; jumentos e pedras falam; água se transforma em sangue, vinho e cura cego, ferro compacto pode boiar na água, barro faz cego ver, vasilha de barro produz azeite, pedras produzem chamas e fazem jorrar água, o mar e rio se abrem dando passagem a pé enxuto e muitas outras coisas. Portanto não é de admirar que a imagem de uma humilde negra (Aparecida) e de uma índia (Guadalupe) operam tantos milagres em nossos dias e que o pão e vinho consagrados se transformem instantaneamente em carne e sangue de Cristo. Estes são os sinais pelos quais Deus identificada a sua verdadeira religião.

Não se deixe enganar estude a Bíblia, e aceite a Jesus como seu único protetor enquanto há tempo, pois a cruz invertida ou 666 não pode te livrar, companheiro!!! Veja aqui como se livra de todo o mal para sempre:
http://oslimpatrilhos.wordpress.com/como-escapar-do-juizo-final/
RESPOSTA: - Fora da Igreja não há salvação. Assim escreveu um dos primeiros cristãos em 180 d.C.: "... a tradição apostólica que ela [Igreja de Roma] guarda e a fé que ela comunicou aos homens chegaram até nós através da sucessão regular dos bispos, confundindo assim todos aqueles que querem procurar a verdade onde ela não pode ser encontrada" (Ireneu de Lião, "Contra as Heresias" III,3,2-3).
 
O próprio Cristo nos alertou: "Então se alguém vos disser: Eis, aqui está o Cristo! Ou: Ei-lo acolá!, não creiais. Porque se levantarão falsos cristos e falsos profetas, que farão milagres a ponto de seduzir, se isto fosse possível, até mesmo os escolhidos. Eis que estais prevenidos. Se, pois, vos disserem: Vinde, ele está no deserto, não saiais. Ou: Lá está ele em casa, não o creiais" (Mt 24,23-26)
 
FONTE ELETRÔNICA;
 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário